Blog

Bohemian Rhapsody - O filme

Sou fã de cinebiografias, tudo bem que, Bohemian Rhapsody filme, apenas desliza sobre a superfície de uma das maiores e mais cultuada bandas do planeta: o Queen. Também, o que esperar de um grupo musical que tem a frente uma voz única como a de Freddie Mercury. O filme já estava nos planos de seus produtores há muito tempo, mas somente em 2018 se tornou realidade.

Demorei muito tempo para assistir Bohemian Rhapsody filme, foram ensaios e mais ensaios, não sabia o que esperar e ao mesmo tempo, temia me decepcionar. Tudo bem que a produção foi cercada de altos e baixos, diretores admitidos e demitidos e até mesmo, um de meus atores preferidos acabaram sendo cogitados, mas, Sacha Baron Cohen acabou se desentendendo com os produtores e foi trocado por Rami Malek que acabou surpreendendo.

Bom, particularmente, não sei como seria o filme do Queen com Sacha interpretando Freddie Mercury seria, mas essa é uma das maiores razões pelo ator não ter sido escolhido. Bohemian Rhapsody filme é um filme do Queen e Sacha, queria dar mais destaque ao Freddie Mercury. Tudo bem que, como todo vocalista, Freddie era a cara do Queen, mas a banda, tinha corpo formado por Brian May, Roger Taylor e John Deacon. E mesmo com um corpo tão bem formado, Freddie com sua bela voz, performance única ofuscava a todos.

Bohemian Rhapsody filme e os prêmios

O filme que retrata a vida da banda Queen conquistou diversos prêmios, entre eles, o Oscar de Melhor Ator para Rami Malek. Detalhe, de todos os filmes concorrentes, Bohemian Rhapsody filme foi o mais premiados, levando para a Inglaterra mais quatro estatuetas, incluindo a do Rami. Também, o que esperar de um filme inspirado em uma banda de sucesso? Claro que o filme não levou para casa somente as estatuetas do Oscar, em todas as premiações do cinema, o filme esteve entre os mais reconhecidos.

Bohemian Rhapsody filme e os fatos

Precisamos levar em consideração um pequeno detalhe: nem sempre o que vivemos dá para se colocar em um filme de duas horas. Por isso, nada mais comum que alguns pontos que as pessoas julgam importantes, fiquem fora da obra. Tudo bem que, alguns fãs reclamaram de determinadas situações por não fazerem parte da realidade, mas, o cinema é o mundo da fantasia.

No entanto, dá para se ter uma ideia da maneira como grandes nomes da música nascem, de uma conversa, de um encontro, de uma sala de aula como Jim Morrison e Ray Manzarek antes de trazerem ao mundo o The Doors, alias, outra cinebiografia que vale a pena conferir, dirigido por Oliver Stone e com Val Kilmer vivendo o papel de Jim, detalhe, segundo as más línguas, Val teve que fazer terapia pois achava que era o próprio Jim Morrison.

Bom, se é encarnação, sinceramente, não sei. Mas, tanto Val Kilmer quanto Rami Malek interpretaram ícones mundiais com tanta maestria que, trouxeram de volta para nosso mundo, um pouco do verdadeiro brilho dessas estrelas que durante tanto tempo, preencheram todos os cantos com suas vozes e criação.

Quanto ao filme Bohemian Rhapsody filme, se ainda não assistiu, recomendo que não perca mais tempo, mas se você ainda não assistiu por receio, encare o filme como algo inspirado em memórias da vida real, afinal de contas, memórias é algo que com o tempo, se transformam e se modificam, mas não espere um relato fiel, afinal de contas, isso é praticamente impossível para uma obra-prima de duas horas e pouco de duração.

EBOOK ANTES VENDIDO POR R$ 28 AGORA PODE SER BAIXADO GRÁTIS.

Preencha o formulário que entraremos em contato com você!

Garantimos segurança com seus dados.